A missão de tomar providências humanizadas e que priorizem o bem-estar de funcionários e colaboradores em meio ao caos da pandemia, deve ser adotada por organizações de todos os tamanhos e segmentos. Possuindo cada vez mais espaço entre práticas de gestão, o home office oferece a possibilidade de se adequar e otimizar etapas características de uma jornada de trabalho rotineira e, para isso, a tecnologia, mais uma vez, exerce um papel determinante de simplificadora e aliado na segurança de dados.

Para a Afonso França Engenharia, a adoção do trabalho remoto não significou a perda de identidade ou falha na comunicação interna. “Possuímos ferramentas tecnológicas que auxiliam a troca de informações e o dinamismo tão característico dos nossos profissionais”, diz Estevam França, sócio-fundador da construtora.

Na contramão de um planejamento realizado às pressas para remanejar suas equipes para o trabalho remoto, na Afonso França Engenharia sempre houve agentes transformadores e mecanismos eficientes que facilitaram a eficiência e a funcionalidade do home office com um pacote amplo de serviços em nuvem e outras plataformas que abrem espaço para uma adaptação mais proveitosa.

“Soluções praticadas pela Afonso França compartilham da mesma finalidade: facilitar a vida do colaborador no home office, garantir a integridade e segurança de dados e, consequentemente, o sucesso de nossas operações”, comenta França.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *